Vlog: Voando com um bebê (que anda!)




Nós já tínhamos voado com a Ana Luiza antes quando ela tinha 2 meses e foi suuuuuuper tranquilo. Ela só queria saber de mamar, então qualquer coisa era acoplar no peito sagrado e pronto, tudo resolvido. E assim foi.

Esses dias atrás fomos para Joinville e estava tudo maravilhoso até eu descobrir que ia voar sozinha com ela até SP. O Jó tinha ido na segunda à trabalho e casei os voos para nos encontrarmos e seguirmos no mesmo voo até Curitiba. A ideia de voar sozinha com ela me deixou mal. Tive dor de cabeça, insônia, dor de barriga, pesadelo... só conseguia visualizar aquela típica cena do bebe que chora 1h10m e a mãe já não sabe mais o que fazer e os passageiros querem abrir o compartimento das malas e atirar ambos do voo.  

No meu caso, a minha pequena é animadíssima para interagir, andar, fazer novas amizades! Ela é realmente muito sociável, o que é maravilhoso, mas ela só consegue ficar parada por no máximo 30 segundos. Ela precisa se movimentar o tempo todo e eu ficava me imaginando segurando ela no mesmo espaço 1h10m. 

Pura bobagem! Ela foi uma verdadeira YOUNG LADY! A bolsinha transparente com os brinquedos foi maravilhosa e os biscoitos de polvilho fornecidos pela Azul mantiveram-na ocupada por um bom tempo. Não é a coisa mais saudável do mundo, mas em ocasiões atípicas, valeu demais!!!!!! Já me animei pra ir além mar... rs...

Aliás, a experiência com a Azul foi ótima. A equipe tanto de solo quanto à bordo, foram excepcionais, altamente solícitos e atenciosos! Que mãe não gosta de se sentir amparada em situações atípicas? :)

Pra ilustrar minha experiência, gravei um vlog no dia! Espero que gostem!

AH!!! Já que estamos na semana mundial do aleitamento materno, vale dizer que:

Motivo no. 87262987321886251 pró aleitamento materno:

É perfeito para evitar dores de ouvido por conta da mudança de altitude. Sabe aquela pressão? Então, os bebês não sabem resolve-la por si só, então ao sugar, todo o problema é resolvido. Fora que relaxa, acalma e você pode até conseguir um soninho, que foi meu caso no voo da volta. Tá decidido, vou amamentar até os 15 anos. Adeus. 

Comentários

Postar um comentário

Caro leitor,

Obrigada por tirar um tempo para comentar aqui. Ficarei muito feliz em ler seu comentário e responderei assim que possível. Um beijo!

Postagens mais visitadas deste blog

Parto Domiciliar do Mathias | A trajetória

Bon Appétit: Wrap de Alcatra e Cheddar

Inspirando...babies!