Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

Uma mãe de primeira viagem: Um pico e um salto! Socorro!

Imagem
Mães, já ouviram falar em Picos de Crescimento e Saltos de Desenvolvimento?

Uma bela madrugada estava eu, amamentando uma bebezinha linda e aparentemente sem fundo (por volta dos 10 dias) quando resolvi procurar no google "baby constantly feeding" (bebe mamando constantemente - eu geralmente procuro em inglês porque sempre acho mais opções, bibliografias e fóruns). Depois de um site aqui e outro ali, achei o KellyMom, um site baseado em evidências científicas para assuntos relacionados a amamentação, comportamento infantil, etc. Aprendi MUITA coisa ali e foi um grande apoio durante o período inicial da amamentação e uma das coisas mais importantes que aprendi foi sobre os Picos de Crescimento e Saltos de Desenvolvimento. São duas fases distintas pelas quais os bebês passam mas que afetam drasticamente o comportamento.

Resumidamente os picos de crescimento são as fases em que o bebê se desenvolve fisicamente (peso, altura) "da noite pro dia", literalmente. Durante …

Happy Friday: Primeira Viagem em Família!

Imagem
Sexta-feira combina muito com viagem, não?

Eu e o marido em algum momento das nossas vidas fomos picados pelo mosquito da estrada e por isso, tendo a oportunidade estamos dentro de qualquer parada! Perto, longe, de carro, avião ou ônibus, o negócio é viajar! 
Sendo assim, recentemente fizemos uma viagem muito especial! Nossa primeira viagem em família!!! 
Tudo começou em uma bela quinta-feira quando meus pais vieram almoçar conosco e meu pai comentou que teria uma festa de aniversário de uma tia no Rio e que ela havia convidado todos da família. "Topam?" Pergunta certa, pro casal certo!!!!! 
"Saímos amanhã depois do jogo então!"
A Ana Luiza estava com um mês e meio e pensamos que seria uma boa oportunidade de ver como ela reagiria. O destino era perto, a viagem era super curta (um final de semana), ficaríamos na casa da tia e teríamos muitas mãos ajudando! Por que não? 
Como saímos a noite, ela dormiu praticamente o caminho todo! Acordou apenas pra mamar às 23:00, …

Ô lá em casa: Tempero com amor!

Imagem
Estava com muitas saudades de escrever sobre casa! Aliás, tem tanta coisa pra fazer e organizar aqui em casa que eu teria posts para uns dois anos tranqüilamente, mas as coisas vão se ajeitando com calma! Este post na verdade, era pra ter subido ontem, mas as vacinas do segundo mês me impediram de fazer muitas coisas ontem...

Tenho aproveitado as sonecas da Ana Luiza pra fazer uma coisa aqui, outra ali e aos poucos tenho podido reaprender a me organizar. Esses tempos atrás, finalizei um projetinho simples até! Há algum tempo vinha buscando uma alternativa para armazenar os temperos da cozinha. Sabe aqueles temperos que vem no plastiquinho e que a gente prende tudo juntinho com um pregador? Bem estes! 
As soluções mais comuns de se encontrar no mercado, não atendiam as minhas necessidades e por isto, eles iam ficando lá no pregador, até que um dia eu abri o armário da minha mãe e... Tchanam!!!!! Achei a solução... E ela era absurdamente simples. 
Minha mãe havia comprado uns potes bem …

Como sobreviver ao primeiro mês com o recem-nascido...

Imagem
...foram estas exatas palavras que eu digitei no google em uma madrugada de desespero.

Ana Luiza recém completou dois meses e MUITA coisa aconteceu e mudou neste tempo.

Sei que meus últimos posts podem não parecer tão encorajadores e maravilhosos para quem ainda não passou pela experiência, mas eles são reais. Em momento algum quis escrever algo aqui que não fosse verdadeiro só para pagar de bonita ou mãe maravilhosa do ano, aliás, eu não tenho essa pretensão! Falei no primeiro post e repito, a minha intenção é poder dividir experiências verdadeiras para quem sabe, servir de ajuda, apoio ou pelo menos companhia para alguém. Minha experiência pode ser completamente diferente da que você teve ou da que você terá, ou quem sabe parecida em algumas coisas.

Os meus primeiros 30, melhor, 40 dias no papel de mãe foram, no mínimo, intensos em emoções. Nem sempre elas eram aquelas emoções lindas que se imagina. Muitas delas eram de tristeza, de frustração e também de egoísmo.

Passado o babybl…

Uma mãe de primeira viagem: "FUI ENGANADA!!!"

Imagem
No meio da gestação mais ou menos, li uma vez no babycenter sobre o "babyblues" ou melancolia pós-parto. Lembro que na época comentei com meu marido sobre o assunto e disse a ele que o índice de mulheres que o sentem era bem alto e que por isso eu tinha grandes chance de ter também, mas que se tivesse saberíamos identificar e que ele supostamente "é coisa que dá e passa".

Mas afinal o que é o babyblues?

É literalmente uma melancolia, uma tristeza e inteiramente gratuito no pacote vem muitas lágrimas! Eu diria que é tipo uma TPM (das melancólicas) elevada a máxima potência. Se você desconhece sobre o assunto, recomendo ler esta matéria AQUI!

Bom, uma coisa é fato: muitas mulheres tiveram o babyblues e não souberam. A verdade é que este é um assunto muito pouco falado no meio materno, eu mesma só soube de quatro amigas que tiveram e que falaram abertamente sobre o assunto. Não sei se por vergonha, por desconhecer ou sei lá o que...mas aqui vai a minha experiência...