Uma mãe de primeira viagem: Bom dia com Ana Luiza.....






....na barriga! 

Será que explode?!

Estou naquela de desanimo, o que eu acho que pode ser bom. Sábado fui para uma cidade aqui perto para o aniversário de um tio e minha prima me perguntou se eu estava desanimada e respondi que não, então ela disse que ainda não havia chegado a hora... 

Na última semana fui consumida por uma ansiedade sem fim. Sem fim mesmo. Eu passei todos os dias pensando "é hoje". À noite, quando geralmente tenho cólicas e contrações mais notórias, tomava banho e pensava em tudo que tinha deixado à fazer, afinal de contas eu dormia com esta certeza.

Na quinta-feira, a pessoa que me ajuda uma vez por semana com a limpeza pesada, teve um contratempo e deixou tudo pra trás só começado. Tinha sido a semana que tínhamos terminado as obras com armários e o que mais se via no apartamento era poeira, pó de madeira, de alumínio...sem condições de deixar "pra lá". Coloquei minhas luvas azuis e fui lavar o chão de casa e dar AQUELA faxina. Não por instinto, mas por necessidade mesmo. À tarde minha mãe chegou para me dar uma super ajuda e no fim do dia eu só pedia "filha não vem hoje porque eu não vou ter condições de fazer uma única força....." Mal conseguia abrir e fechar as mãos....

Tive a sorte de ter encontro marcado com a Carol na sexta pela manhã. Esta, foi usada por Deus e deu o maior jeito na minha lombar. Saí de lá prontinha, renovada... "Pode vir, filha...." mas ela não quis.
Nem sexta, nem sábado, nem domingo, nem segunda..... Aí bateu o desanimo. Falei pro meu marido que a sensação é que vou ficar pra sempre assim, que eu nem sei mais como é não ter barrigão. Lembrei da minha prima me perguntando sobre o desânimo, hoje eu diria com certeza que "sim", que a ansiedade já foi. Na sexta à noite eu pensei que de fato as cesáreas eletivas são super convenientes quando vistas por esse lado, pensei que eu me sentiria bem melhor, tudo sairía bem planejadinho, dentro dos meus horários, dentro de todas as conveniências. Bom, né? Mas talvez Deus queira me ensinar com isso, esperar nunca foi o meu forte, depender muito menos, não saber responder quanto a um prazo nem se fala....

Sempre tem aquela pergunta: "nada ainda?" "Essa menina não vai nascer não?"  "Nossa, que demora!" "Qual é o prazo?" "Mas é pra que dia?" ......... Eu queria muito responder "terça-feira, 13 de maio às 14:37", mas não depende de mim. Sei que ninguém pergunta por mal ou querendo ser inconveniente, as pessoas ficam ansiosas mesmo, querem notícias, se preocupam, eu também perguntaria!!! O problema sou eu mesmo, que estou tendo que lidar com novos fatores até então, não tão presentes no dia a dia. Bom também! Se eu passar por essa e sair menos ansiosa, mais dependente de Deus, mais tranqüila e menos eu mesma, valeu a pena a (dolorida) espera....

Essa Ana Luiza é mesmo especial...nem chegou direito e já tem a capacidade de criar oportunidades únicas para a mãe dela crescer.... E eu que achava que estava aqui pra ensinar alguma coisa........


"Por ela que o show continua (...) faço a lua, faço a brisa, pra Luiza dormir em paz."



ps: hoje eu completo 9 meses desde o dia em que engravidei. :) 

Boa semana pra você! 

Comentários

  1. Super, mega te entendo! Esses ultimos dias são no mínimo intediantes, quase desesperadores! Falta força e animo, também, com a Ana Luiza desse tamanho todo!! E a deliicia que é pra dormir (pra mim tarefa quase impossivel na epoca) ou pra sentar e levantar?? Hahahah que horror! Nos superamos como mães desde muito cedo! E o que importa é que ela esta chegando!!

    Muiito feliz por voces, sempre!!
    Beijos da Mari

    ResponderExcluir
  2. Continue firme e confiante Ka!
    Logo logo a princesinha estará nos seus braços ;)
    O importante é q vcs estão bem, saudáveis e felizes!!!
    Não vejo a hr de vc contar a chegada dela x)
    E dps quero conversar com vc :x

    Beijos e mta luz!!!!! *

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Caro leitor,

Obrigada por tirar um tempo para comentar aqui. Ficarei muito feliz em ler seu comentário e responderei assim que possível. Um beijo!

Postagens mais visitadas deste blog

Parto Domiciliar do Mathias | A trajetória

Bon Appétit: Wrap de Alcatra e Cheddar

Inspirando...babies!