Uma mãe de primeira viagem: É chegada a hora e estou de férias!

Pra quem não reconheceu é a Praia de Itapoã..............


Não é meu intuito escrever exclusivamente sobre gestação/maternidade, embora o tenha feito com mais freqüência nestas últimas semanas, mas quem passou por este processo deve saber que no final as coisas ficam mais focadas neste assunto mesmo! Fora que o blog é super pessoal, então sempre puxa mais para aquilo que estou vivenciando no momento. Tenho quisto poder escrever mais sobre casa/rotina e afins, mas não estava conseguindo mesmo, só que agora eu estou de férias, então eu vou ter mais tempo. Explico.

Durante todo esse tempo de gestação, tenho estado muito envolvida com mudança, chá, quarto de bebê e tudo mais que eu deveria resolver. É bastante coisa. Mudar de estado não é mudar de bairro. Eu brinco que é como casar de novo, um recomeço, só que neste caso, grávida! Apesar de muito cansativo e por vezes estressante, eu achei que teve um lado positivo. Pude me manter bem ativa durante todo esse tempo, já que abandonei a academia, foi um meio de exercitar, o que eu sei que é muito bom para mamães que tem a intenção de ter parto normal. Não é a mesma coisa, mas é sem dúvidas melhor que nada. Diria que minha gestação foi testando meus próprios limites e fui além do que eu pensava ser possível. Até aqui nos ajudou o Senhor e graças a Ele eu tive uma gestação saudável, sem riscos, melhor do que eu poderia imaginar! Nenhuma complicação, nenhum exame alterado, nada! Graças a Deus por isso! 

Mas tudo tem limites e eu cheguei no meu. Com o fim da gestação se aproximando, resolvi ouvir meu corpo e mente e pedi as contas. ESTOU DE FÉRIAS.

Isso mesmo! Resolvi ouvir os conselhos das minhas amigas mães e me permiti tirar essas férias. O consenso geral é que eu vou precisar e muito de toda energia e descanso armazenados do mundo e que vou me arrepender se não o fizer. Quem (não sendo mãe), nunca ouviu dizer que depois da maternidade, pelo menos em seus primeiros momentos, longos banhos, ler um livro, relaxar, dormir até tarde nos finais de semana, curtir o marido com tranqüilidade, se tornam momentos de ouro e privilégio de poucas? Eu ouço direto! 

À partir do fim desta semana, qualquer hora é hora.  Eu não sei, ninguém sabe. O que eu sei é que eu quero que ela chegue e encontre uma mãe bem, uma casa tranqüila em seu ritmo habitual e todos prontos (emocionalmente) para recebê-la. Descansados, tranqüilos e felizes. Só isto, nada mais. Se o berço não chegar até lá (sim, a entrega esta atrasada!), se a cortina não ficar pronta, se não encontrar o lustre ou se não tiver isso ou aquilo, não me interessa mais. Não fui displicente, não fui irresponsável, não fui preguiçosa, não fui inconseqüente. Talvez um pouco devagar, porque o sou por natureza, mas eu trabalhei todos os dias dentro das minhas possibilidades, dentro do nosso limite (e além), com o que tinha em mãos e encontro-me satisfeita com o que fiz. O resto é resto, dá-se um jeito. Não tenho que fazer mais nada. 
Minto, tenho sim, aproveitar! 

Sempre me cobro bastante o fato de estar em casa e trabalhar, digo no sentido de não ser uma desocupada só porque "estou em casa". Não tenho hábito de dormir à tarde por exemplo, porque eu me sinto mal, penso que meu marido está trabalhando e não é justo eu estar em casa dormindo enquanto poderia estar fazendo algo de útil por nós. Sei lá, comigo funciona assim...
Mas conversei com ele e comuniquei meus dias de férias! Não que eu vá deixar de fazer as coisas da casa, minhas responsabilidades, que por sinal eu curto muito fazer, no meu ritmo, mas que vou priorizar meu descanso. Ele achou ótimo!!! 

Sendo assim, fiz uma lista (sim, sempre!) de todas as coisas que eu gostaria de fazer, pequenos luxos, antes da Ana Luiza nascer. Se dará pra fazer todos eu não sei, mas que eu vou curtir cada um dos que eu conseguir, ah eu vou!!!!! Minha lista inclui pequenos luxos do tipo: tomar um lonnnngo banho, massagem, ler o livro que comprei (depois eu falo dele), passar a tarde com meu marido no escritório, ir à piscina no meio da tarde, arrumar a cozinha e....DORMIR, pesquisar assuntos bobos na internet, ver filme, sair pra caminhar com o marido, ler a bíblia na minha varanda a tarde vendo o mar, passear a aproveitar a minha Fifi, planejar as coisas que quero fazer aqui em casa com calma, escrever e me dedicar ao blog, cozinhar, alongar, descansar...respirar...esperar...

Alguma mãe tem mais alguma coisa à acrescentar? :)

(Depois eu conto o que consegui concluir da lista). 

E falando em acrescentar, posso acrescentar também que desde 5 minutos atrás (podem rir, mas é verdade), voltei a uma alimentação mais regrada. Nas últimas semanas, a que antecedeu o chá e em diante, eu relaxei total. Prefiro não entrar nos méritos deste feriado. Comi tudo que tinha direito e queria incluindo bastante chocolate (me dizem que comer chocolate amamentando é péssimo pro baby) e não me preocupei com peso. Até a minha última consulta (não me pesei mais) foram 11 kgs e o médico riu dizendo que era pra eu tomar 3 tigelas de açaí por dia (meu marido apoiou!). Estou mais do que satisfeita! Segurei bem o instinto voraz que me sobre vinha diversas vezes para comer 3 big mac's e uma pizza, abdiquei por semanas de ingerir açúcar,  outras eu comi mesmo sem medo de ser feliz. O motivo pelo qual estou voltando a ser uma pessoa menos gordicesmil é porque como posso entrar em trabalho de parto a qualquer momento, é bom que esteja bem alimentada com grãos integrais, frutas, bastante água, tudo muito leve mas que me forneça energia o suficiente para a são silvestre do parto. Adiós chocolate, hello gelatinas, adiós podrão, hello pão integral com ricota, adiós doce de leite, adiós ovo de páscoa, adiós açúcar!!!! Adiós vida!!!! Só não abro mão do açaí, me contento em tirar o leite em pó...mas o açaí fica!!!!!

Fora isto, qualquer hora destas, espero vir aqui e dizer a vocês que a Ana Luiza chegou, enquanto isto...estarei muito ocupada sendo feliz e aproveitando lentamente nossos últimos momentos à três! 

Obrigada sempre aos que tem nos acompanhado e que nos deixam mensagens carinhosas, animadoras e que me acompanharam ao longo destes 9 meses. Pensei que demoraria tanto, mas passou voando e ter esse meu cantinho aqui foi muitas vezes um alívio...

Boa semana! Até breve! 




Comentários

  1. Amourr!! Eu de longe (na verdade de perto, eu q fui pessima msm) te desejo só o melhor!! Que a sua hora seja maravilhosa e abençoada!! Não tenho duvidas que vcs vao ganhar a princesa mais princesa de todas!! Passo sempre aqui, e me emociono sempre! Sempre linda, sempre inteligente demais, sempre com as palavras certas, sempre demais! :)) Um beijo muito grande e vcs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MARIANA, você trata de vir me visitar!!! Antes, durante, depois do nascimento....você decide!! Sou sua vizinhaaaaaaa sua desnaturada!!!!!!

      (Meu jeito carinhoso de dizer que estou com saudades, tá?)

      Beijos!!!!!!

      Excluir
  2. Delíciaaa!! Daqui pra frente é só aproveitar então! Aproveitar as férias, aproveitar o açaí, aproveitar o calçadão...e depois aproveitar a Ana Luiza!!!!!!!! ai que emoção, está chegando!! ✿✿✿

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim....e aproveitar o sofá alheio!!! Me gusta!!!!! :)

      :***

      Excluir
  3. Muito legal karol!!! Aproveite também para sair, bater perna, visitar as pessoas, passear a toa no shopping sozinha, pegar um cinema! Acho super válido já que no comezinho a gente fica super focada em cuidar do bebê e não vê tanta gente, não sai muito;
    Eu gosto muito de bater perna na véspera! Claro, respeitando os seus limites, porque depois vem o resguardo e é importante fazê-lo bem feito!
    E dance! dance muito! É ótimo pra incentivar a pequena a pular pra fora!

    ResponderExcluir
  4. Tá chegando a hora! Aproveite esse tempo, Karol! Que o baby venha com muita saúde! :**

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Caro leitor,

Obrigada por tirar um tempo para comentar aqui. Ficarei muito feliz em ler seu comentário e responderei assim que possível. Um beijo!

Postagens mais visitadas deste blog

Parto Domiciliar do Mathias | A trajetória

Bon Appétit: Wrap de Alcatra e Cheddar

Inspirando...babies!